O Homem de Constantinopla

José Rodrigues dos Santos (Autor) Lançado em setembro de 2013 Edição em Português
    O Homem de Constantinopla_0
    O Homem de Constantinopla
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento setembro 2013
      Editor Gradiva

      Ver todas as características

    • O Império Otomano desmorona-se e a minoria arménia é perseguida. Apanhada na voragem dos acontecimentos, a família Sarkisian refugia-se em Constantinopla. Apesar da tragédia que o rodeia, o pequeno Kaloust deixa-se encantar pela grande capital imperial e é ao atravessar o Bósforo que pela primeira vez formula a pergunta que havia de o perseguir a vida inteira:

      “O que é a beleza?”

      Cruzou-se com a mesma interrogação no rosto níveo da tímida Nunuphar, nos traços coloridos e vigorosos das telas de Rembrandt e na...
      Ver mais

    • Vendido pela Fnac  17,60 €
    • 1 novo desde 22 €  
    • 22 €

      Disponível

      Envio normal : 2,99 €

      Envio com Tracking : 3,50 €

      Envio Contra Assinatura : 4,79 €

      Gomes Books
      (Vendedor profissional)
      5012 venda(s)
      Estado do produto
      Novo
      País de expedição
      Portugal Continental
      Prazo médio de entrega
      Entre 2 e 3 dias úteis
      Taxa de aceitação
      99,41%
      Todas as ofertas
      • 22 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (5012)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição O Homem de Constantinopla

    O Império Otomano desmorona-se e a minoria arménia é perseguida. Apanhada na voragem dos acontecimentos, a família Sarkisian refugia-se em Constantinopla. Apesar da tragédia que o rodeia, o pequeno Kaloust deixa-se encantar pela grande capital imperial e é ao atravessar o Bósforo que pela primeira vez formula a pergunta que havia de o perseguir a vida inteira:


    “O que é a beleza?”



    Cruzou-se com a mesma interrogação no rosto níveo da tímida Nunuphar, nos traços coloridos e vigorosos das telas de Rembrandt e na arquitectura complexa do traiçoeiro mundo dos negócios, arrastando-o para uma busca que fez dele o maior coleccionador de arte do seu tempo. Mas Kaloust foi mais longe do que isso:



    Tornou-se o homem mais rico do planeta.

     

    Inspirado em factos reais, O Homem de Constantinopla reproduz a extraordinária vida do misterioso arménio que mudou o mundo – e consagra definitivamente José Rodrigues dos Santos como autor maior das letras portuguesas e um dos grandes escritores contemporâneos.



    “Um estilo de escrita prodigiosamente poético e melódico que enfeitiça o leitor.”
    Literaturzirkel Belletristik, Alemanha

    Características detalhadasO Homem de Constantinopla

    OUTRAS OBRAS de José Rodrigues dos Santos

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES O Homem de Constantinopla

    Condições de Utilização
    5/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      1
    • 5
      3
    Opiniões Verificadas
    4 Bom livro ! Publicado em 18 abr 2019

    Excelente leitura, recomendo !


     Este comentário foi útil?

    Opiniões Verificadas
    5 Bom Publicado em 07 ago 2018

    Um livro apaixonante e com valor histórico.


     Este comentário foi útil?

    5 apaixonante Publicado em 22 out 2013

    Quando se junta um grande protagonista com um grande escritor só pode dar uma grandiosa obra. Kaloust é sem dúvida um homem interessantíssimo.


     Este comentário foi útil?

    5 excelente Publicado em 03 out 2013

    Acabei de ler O Homem de Constantinopla, um dos melhores livros deste autor. Uma realidade desta cultura , retratada com cuidado , mas não deixando de lado o horror passado entre turcos e arménios. A principal personagem é apresentada , com a vivacidade de uma inteligência deveras impressionante ,muito inteligênte, com uma queda para os negócios de risco fora do comum , tendo aprendido a superar-se a si próprio graças ,não só á sua inteligência , mas também à educação rigida que os seus pais lhe incutiram. Estou a aguardar o 2 livro , em pulgas . Até lá , até já.


     Este comentário foi útil?

    Ver também