O Monge de Tibães

António Coimbra (Autor) Lançado em janeiro de 2016 Edição em Português
    • O Monge de Tibães_0
    O Monge de Tibães

    Venda o seu O Monge de Tibães com apenas alguns cliques,
    em fnac.pt

    1. Vende o teu produto
    2. Um cliente compra o teu produto
    3. Envia o teu produto
    4. Recebe o pagamento
    Passar para conta Pro!
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento janeiro 2016
      Editor Chiado Books
      Coleção Ecos da História

      Ver todas as características

    • Durante a segunda metade do século XX, várias instituições fartaram-se de pregar contra o capitalismo selvagem e para os perigos de um sistema económico desenfreado que ia transformando os Seres Humanos em autênticas máquinas económicas, mas ninguém ligou patavina e o homem foi construindo um castelo encantado de bem-estar materialista, que o haveria de conduzir a uma situação de total desespero no início do século XXI, com sucessivas crises financeiras que tiveram o seu epílogo em 2079 com uma brutal depressão bolsista que... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  10,80 €
    • 1 novo desde 12 €  
    • 12 €
      10,80 €

      Encomenda ao editor, entrega em 1 a 2 semanas

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial O Monge de Tibães

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Descrição O Monge de Tibães

    Durante a segunda metade do século XX, várias instituições fartaram-se de pregar contra o capitalismo selvagem e para os perigos de um sistema económico desenfreado que ia transformando os Seres Humanos em autênticas máquinas económicas, mas ninguém ligou patavina e o homem foi construindo um castelo encantado de bem-estar materialista, que o haveria de conduzir a uma situação de total desespero no início do século XXI, com sucessivas crises financeiras que tiveram o seu epílogo em 2079 com uma brutal depressão bolsista que atirou para o lixo todo o sistema económico conhecido.

    Quando vinte anos depois o mundo entrou em convulsão, assolado por uma guerra nuclear sem precedentes, longe iam os tempos da decantada revolução industrial que haveria de converter a grande maioria dos Seres Humanos em autênticos escravos do dinheiro.

    Na verdade, o homem, que a revolução industrial foi moldando e que pareceu estar sempre receoso que a sua intensa actividade laboral não correspondesse à sua ganância mercantilista, foi colocando de lado toda a riqueza dos valores espirituais, acabando por se tornar protagonista de uma descontrolada agressão à natureza, a quem feriu de morte, tornando tão precário o equilíbrio do planeta que quase o levou à destruição total!

    Num mundo de ficção, onde há realidades intrínsecas, António Coimbra cria e manipula personagens com uma realidade espantosa, levando-nos para um futuro que, sendo medonho, nos impele a arrepiar caminho. De entre os seus personagens destaca-se Teófilo de Jesus, herdeiro de uma forte crença religiosa que coloca em prática num arruinado Mosteiro de Tibães.

    Dando à estampa um mundo assustador onde a vida é desprezada até limites extremos e o cristianismo anda pelas ruas da amargura, o autor “descobre” este personagem, que ainda acredita na reabilitação espiritual do Ser Humano e atribui-lhe o papel de um farol que guia toda uma população miserável e faminta que pulula em redor de CityBraga, uma impiedosa cidade-estado formada a partir das ruínas da antiga cidade de Braga.

    Lutando de forma pacífica contra os poderes instituídos, este homem de sabedoria e paz, depressa conquistou a admiração dos mais desfavorecidos e a verdade é que, quando toda a esperança parecia perdida, a confiança num futuro melhor foi restabelecida por Teófilo de Jesus, o Monge de Tibães.

    Características detalhadasO Monge de Tibães

    OUTRAS OBRAS de António Coimbra

    Ver também

      Vais ser redirecionado para fora da fnac.pt

      Ao clicar em "download" vais ser redireccionado para o site kobo.com onde poderás fazer download do título selecionado utilizando os dados de acesso da tua conta Fnac. Caso não tenhas uma conta Fnac, terás de criar uma conta em Kobo.com para usufruíres de todas as funcionalidades e vantagens Kobo.

      Atenção Ocorreu um erro, por favor, tenta novamente mais tarde.