O Passo do Adeus

Cristina Campo (Autor) Edição em Português
    O Passo do Adeus_0
    O Passo do Adeus
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Assírio & Alvim
      Coleção Documenta Poética

      Ver todas as características

    • Cristina Campo (Vittoria Guerrini, de seu nome verdadeiro) nasceu em Bolonha, em 1923, e está lá sepultada (a sua morte ocorreu em 1977). "Mas as suas cidades são outras. Florença, ali passou a juventude, teceu amizades […] Roma, para onde se transfere, com grande sofrimento, acompanhando o pai que foi dirigir o Conservatório de Santa Cecília, e que se torna, pouco a pouco, o seu lugar da terra, amado com aquela desolada e irreversível paixão que era, talvez, a sua forma não apenas de amar, mas de viver. […] Mas as suas... Ver mais

    • 12 €
      10,80 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial O Passo do Adeus

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Descrição O Passo do Adeus

    Cristina Campo (Vittoria Guerrini, de seu nome verdadeiro) nasceu em Bolonha, em 1923, e está lá sepultada (a sua morte ocorreu em 1977). "Mas as suas cidades são outras. Florença, ali passou a juventude, teceu amizades […] Roma, para onde se transfere, com grande sofrimento, acompanhando o pai que foi dirigir o Conservatório de Santa Cecília, e que se torna, pouco a pouco, o seu lugar da terra, amado com aquela desolada e irreversível paixão que era, talvez, a sua forma não apenas de amar, mas de viver. […] Mas as suas cidades são outras. […] Em qualquer sítio da terra, onde Cristina Campo estivesse, era sempre Bizâncio […] quer dizer, buscava a perfeição como uma trapista, com as garras daqueles leões que são representados junto aos Padres do Deserto. […] A obra poética de Cristina Campo tem duas partes: uma é esse conjunto de poemas denominado Passo d'addio e que foi publicado em 1956; a restante produção foi reunida depois da sua morte, e a proveniência é vária: cadernos que deixou, cartas a amigos e esporádicas colaborações em revistas."

    Características detalhadasO Passo do Adeus

    OUTRAS OBRAS de Cristina Campo

    5/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      1
    Opiniões Verificadas
    5 Maravilhoso Publicado em 16 set 2019

    Repousante e excelente! Bom para meditar!


     Este comentário foi útil?

    Ver também