O Quinto Império

    O Quinto Império_0
    O Quinto Império
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • 5 €
      5 €

      Apenas 2 em stock

      Recebe numa morada a partir de 30 €

      Ver stock em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • Levantamento
      gratuito em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Devoluções
      gratuitas em loja

    1 oferta especial O Quinto Império

    • 5% DESCONTO EM CARTÃO FNAC

    Sinopse

    Este filme a que dou o título de O QUINTO IMPÉRIO - ONTEM COMO HOJE, baseia-se na peça teatral EL-REI SEBASTIÃO, de José Régio. José Régio (1900 a 1968) foi crítico, poeta, dramaturgo, romancista e ensaísta, figura cimeira do seu tempo e de hoje, que segundo uma sua própria declaração, pretendeu analisar o Rei, o Homem e a mítica personagem. O rei Sebastião, depois da estrondosa derrota na batalha de Alcácer-Kibir (1578), mais conhecida pela Batalha dos Três Reis, e por jamais ter sido identificado o seu corpo após a batalha, se tornou no mito do encoberto ele que fora antes o desejado e o destinatário ao mito. Mito, aliás cantado e exaltado nos sermões do Padre António Vieira (Século XVII), pelo filósofo Sampaio Bruno (século XIX) e no século XX pelo poeta Fernando Pessoa e pelo filósofo José Marinho, entre outros escritores e psicólogos portugueses, como ainda por estudiosos estrangeiros. Curiosamente, este mito também faz parte da mitologia muçulmana com a mesma nomenclatura do encoberto e, tal como o rei Sebastião, é suposto vir a acontecer o mesmo com o Iman muçulmano (o da décima segunda geração) cuja crença comum é a de que virá num cavalo branco, em uma manhã de nevoeiro para derrubar definitivamente o mal do mundo e estabelecer a concórdia entre os povos. Manoel Oliveira

    Opiniões dos nossos clientes O Quinto Império

    Sê o primeiro a dar
    a tua opinião sobre este produto

    Dar opinião ✔ A tua opinião foi gravada

    Saber tudo sobre

    Manoel de Oliveira

    Realizador(es)
    Manoel Cândido Pinto de Oliveira nasceu a 11 de dezembro de 1908, na freguesia de Cedofeita, na cidade do Porto. Durante a sua juventude, frequentou um colégio de jesuítas na Galiza, e dedicou-se ao atletismo, tendo sido campeão nacional de Salto à Vara e foi atleta do Sport Club do Porto.   Aos vinte anos, descobriu a paixão pelo cinema, e em 1931 estreou o seu primeiro filme Douro, Faina Fluvial (1931), que suscitou a admiração da crítica estrangeira e o desagrado da... Ler mais

    Outras obras de Manoel de Oliveira

    Características detalhadas

    Realizador(es)

    Manoel de Oliveira

    Áudio

    Português Dolby Digital 2.0

    Duração

    127 Minutos

    Legendas

    Inglês, Francês

    Número de Discos

    1

    Formato

    DVD

    Ano

    2004

    Género 1

    Drama