O Rapaz que Sabia Acordar a Primavera

Luísa Dacosta (Autor) Cristina Valadas (Ilustração) Prémio Nacional de Ilustração 2007 Edição em Português
    • O Rapaz que Sabia Acordar a Primavera_0
    O Rapaz que Sabia Acordar a Primavera
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Edições Asa
      Coleção Obras Completas de Luísa Dacosta para a Infância

      Ver todas as características

    • Prémio Nacional de Ilustração Infantil 2007Um pequeno conto inédito de Luísa Dacosta que – tão ao jeito da Autora – constitui um primoroso hino ao poder do sonho e da magia. A história desenrola-se em torno de um rapaz que, alheio às agruras da vida a que a pobre condição dos pais o parece querer votar, sabe encontrar no sonho e na magia da Natureza a razão de ser para uma existência livre e feliz. De uma simplicidade habilmente construída, o livro resulta pelos aspectos mágicos do texto, acentuados quer pela riqueza da... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  11,66 €
    • 1 novo desde 12,95 €  
    • Todas as ofertas
      • 12,95 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (3339)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição O Rapaz que Sabia Acordar a Primavera

    Prémio Nacional de Ilustração Infantil 2007

    Um pequeno conto inédito de Luísa Dacosta que – tão ao jeito da Autora – constitui um primoroso hino ao poder do sonho e da magia.

    A história desenrola-se em torno de um rapaz que, alheio às agruras da vida a que a pobre condição dos pais o parece querer votar, sabe encontrar no sonho e na magia da Natureza a razão de ser para uma existência livre e feliz. De uma simplicidade habilmente construída, o livro resulta pelos aspectos mágicos do texto, acentuados quer pela riqueza da linguagem – claramente de raiz transmontana –, quer pela finura das ilustrações – o rapaz surge como um sopro de espírito, mágico, quase transparente; todo ele é alma. De salientar, ainda, a cuidada apresentação gráfica, designadamente a opção por dispor o texto sobre páginas coloridas, qual arco-íris, reforçando-se, também por essa via, o convite a que o leitor entre pela porta do sonho.

    Formato: 21 x 25

    Características detalhadasO Rapaz que Sabia Acordar a Primavera

    OUTRAS OBRAS de Luísa Dacosta

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES O Rapaz que Sabia Acordar a Primavera

    Condições de Utilização

    Ver também