O Reino Sem Corte

Ana Leal de Faria (Autor) A Vida em Portugal com a Corte no Brasil 1807 - 1820 Lançado em fevereiro de 2011 Edição em Português
    O Reino Sem Corte_0
    O Reino Sem Corte
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento fevereiro 2011
      Editor Tribuna da História

      Ver todas as características

    • A 29 de Novembro de 1807 o Príncipe Regente, o governo e os principais membros e funcionários da Corte partiam para o Brasil. Napoleão era assim impedido de aprisionar o soberano e de o utilizar para legitimar o desmembramento de Portugal, como havia já feito noutros países europeus. A transferência do poder político para uma colónia era caso único na época. Portugal negoceia com a Grã-Bretanha o auxílio militar e financeiro para reconquistar a independência. A Grã-Bretanha, encorajada pela revolta popular em Espanha e pelo... Ver mais

    • 1 novo desde 18,54 €  
    • 18,54 €

      Disponível

      Envio com Tracking : 4,44 €

      Envio Contra Assinatura : 4,79 €

      Imosver
      (Vendedor profissional)
      6911 venda(s)
      Estado do produto
      Novo
      País de expedição
      Espanha
      Prazo médio de entrega
      Entre 2 e 3 dias úteis
      Taxa de aceitação
      99,62%

      Comentários do vendedor :

      Envio em 1 a 2 dias úteis - Somos especialistas em vendas on-line e temos mais de 2.000.000 de itens nos nossos armazéns (não são efetuadas remessas para os Açores e a Madeira).

      Todas as ofertas
      • 18,54 € Custos de envio +4,44 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Imosver
        (6911)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição O Reino Sem Corte

    A 29 de Novembro de 1807 o Príncipe Regente, o governo e os principais membros e funcionários da Corte partiam para o Brasil. Napoleão era assim impedido de aprisionar o soberano e de o utilizar para legitimar o desmembramento de Portugal, como havia já feito noutros países europeus. A transferência do poder político para uma colónia era caso único na época. Portugal negoceia com a Grã-Bretanha o auxílio militar e financeiro para reconquistar a independência. A Grã-Bretanha, encorajada pela revolta popular em Espanha e pelo abandono da sua aliança com Napoleão, envia o grosso do seu exército para Portugal, integrando o Exército português. As forças Aliadas irão sair vitoriosas daquela que foi uma longa guerra peninsular, que só terminou com a invasão da França

    Características detalhadasO Reino Sem Corte

    Ver também