O Retrato de Dorian Gray

Oscar Wilde (Autor) Lançado em junho de 2016 Edição em Português
    • O Retrato de Dorian Gray_0
    O Retrato de Dorian Gray
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento junho 2016
      Editor Relógio d'Água
      Coleção Clássicos Para Leitores de Hoje

      Ver todas as características

    • Introdução de Francisco Vale. "O Retrato de Dorian Gray" foi publicado em 1890 e depressa se tornou a obra mais conhecida de Oscar Wilde. O romance celebra o esteticismo, assume os seus riscos e aborda pela primeira vez o tema da homossexualidade na literatura inglesa. Oscar Wilde afirmaria que «Basil Hallward é aquilo que eu penso de mim; Lord Henry, o que o mundo pensa de mim; e Dorian é o que eu gostaria de ser noutra época, talvez». Mas, paradoxalmente, ele próprio criticou as interpretações autobiográficas do seu livro... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  9 €
    • 1 novo desde 9,98 €  
    • 9,98 €

      Disponível

      Envio normal : 2,99 €

      Envio com Tracking : 4,44 €

      Envio Contra Assinatura : 4,79 €

      Oceanum
      (Vendedor profissional)
      1829 venda(s)
      Estado do produto
      Novo
      País de expedição
      Portugal Continental
      Prazo médio de entrega
      Entre 2 e 10 dias úteis
      Taxa de aceitação
      99,13%

      Comentários do vendedor :

      Expedição até 48h após recepção de encomenda. Tempo de entrega: até 10 dias úteis após confirmação de encomenda.

      Todas as ofertas
      • 9,98 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Oceanum
        (1829)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição O Retrato de Dorian Gray

    Introdução de Francisco Vale.

    "O Retrato de Dorian Gray" foi publicado em 1890 e depressa se tornou a obra mais conhecida de Oscar Wilde. O romance celebra o esteticismo, assume os seus riscos e aborda pela primeira vez o tema da homossexualidade na literatura inglesa. Oscar Wilde afirmaria que «Basil Hallward é aquilo que eu penso de mim; Lord Henry, o que o mundo pensa de mim; e Dorian é o que eu gostaria de ser noutra época, talvez». Mas, paradoxalmente, ele próprio criticou as interpretações autobiográficas do seu livro, pois considerava que era tudo menos uma imitação da vida.

    Características detalhadasO Retrato de Dorian Gray

    OUTRAS OBRAS de Oscar Wilde

    Ver também