Odília

Patrícia Portela (Autor) Lançado em outubro de 2007 Edição em Português
    Odília_0
    Odília
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento outubro 2007
      Editor Editorial Caminho
      Coleção Campo da Palavra

      Ver todas as características

    • E ao mesmo tempo a maldição das musas e dos poetas acorda os deuses. Apanhados desprevenidos, invisíveis e desmarcarados, descobrem que foram eles que criaram tudo mas, não criaram as musas e aprtem para o mundo disfarçadoscom bigodes e barbas postiças para se fazerem à imagem dos homens e dos poetas e roubarem os sentidos às musas num domingo depois da missa. E ao mesmo tempo um cliente senta-se num café, alguém sai de uma banheira depois de um duche. E ao mesmo tempo alguém se engasga num ossinho de galinha, morde a... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  4,41 €
    • 1 novo desde 4,90 €  
    • 4,90 €
      4,41 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Odília

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Descrição Odília

    E ao mesmo tempo a maldição das musas e dos poetas acorda os deuses. Apanhados desprevenidos, invisíveis e desmarcarados, descobrem que foram eles que criaram tudo mas, não criaram as musas e aprtem para o mundo disfarçadoscom bigodes e barbas postiças para se fazerem à imagem dos homens e dos poetas e roubarem os sentidos às musas num domingo depois da missa. E ao mesmo tempo um cliente senta-se num café, alguém sai de uma banheira depois de um duche. E ao mesmo tempo alguém se engasga num ossinho de galinha, morde a língua sem querer e bate com o cotovelo na ombreira da porta enquanto a musa ultrapassa o futuro e compõe naturezas morta e espera que a história recomece e acabe outra vez.
    E tudo acontece mesmo antes de nós acontecermos.
    Tudo num solução de tempo.

    Características detalhadasOdília

    OUTRAS OBRAS de Patrícia Portela