Os Imperdoáveis

Cristina Campo (Autor) Edição em Português
    Os Imperdoáveis_0
    Os Imperdoáveis
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Assírio & Alvim
      Coleção Teofanias

      Ver todas as características

    • O seu nome era Vittoria Guerrini, mas escolheu um outro: Cristina Campo. Cristina de «portadora de Cristo». E Campo, numa referência aos campos de concentração («campos de dor», como ela, a dada altura, escreve). Nasceu em Bolonha, em 1923, e está lá sepultada (a sua morte ocorreu em 1977). Traduziu e comentou textos da Bíblia e T.E. Lawrence, Hölderlin, Santo Efrém e Homero, T.S. Eliot, velhos missais orientais e contos maravilhosos, Emily Dickinson, Djuna Barnes, Simone Weil, os Padres do Deserto, Marcel Proust e São João... Ver mais

    • 18 €
      14,40 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Os Imperdoáveis

    • PROMOÇÃO DIAS ADERENTE FNAC
    PROMOÇÃO DIAS ADERENTE FNAC: -20% a -50% em Todos os Livros, incluindo Novidades.
    Promoção Exclusiva para Aderentes Fnac, válida apenas dias 28 e 29 de fevereiro de 2020 em todas as lojas Fnac.
    Aplicável nos artigos vendidos pela Fnac (exclui Marketplace, Kobo, eBooks e Livro Escolar).
    'Iniciativa promocional nos termos do regime jurídico do preço fixo do livro', de acordo com a alínea b) do n.º 2 do artigo 14.º da Lei do Preço Fixo do Livro (LPFL).
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras promoções nem com os 10% desconto imediato em livros para aderentes Cartão Fnac.

    Descrição Os Imperdoáveis

    O seu nome era Vittoria Guerrini, mas escolheu um outro: Cristina Campo. Cristina de «portadora de Cristo». E Campo, numa referência aos campos de concentração («campos de dor», como ela, a dada altura, escreve). Nasceu em Bolonha, em 1923, e está lá sepultada (a sua morte ocorreu em 1977). Traduziu e comentou textos da Bíblia e T.E. Lawrence, Hölderlin, Santo Efrém e Homero, T.S. Eliot, velhos missais orientais e contos maravilhosos, Emily Dickinson, Djuna Barnes, Simone Weil, os Padres do Deserto, Marcel Proust e São João da Cruz, entre outros.

    «Não há que proceder à distinção entre textos críticos e literários quando falamos da ensaística de Cristina Campo, nem mera tradutora nem intérprete linear das obras que lê. A escritora move-se no território da epistemologia da escrita e da urgência de uma poética, sem derramar paixões que obstruam a interrogação, a sobriedade do saber. Penetra no mundo da sua escrita é uma experiência secreta, iluminante.»
    Ana Marques Gastão, Diário de Notícias

    «Cristina Campo acostava-se à linguagem como o crente ao texto sagrado.»
    Giorgio Manganelli

    «Ela amava, sobretudo, a ritualidade e a liturgia: Deus tornado visível nas expressões do rito… E adorava Bizâncio: o esplendor das pedras, a luz das vestes, a exactidão soberana dos gestos imutáveis…»
    Pietro Citati

    «WOs Imperdoáveis" – que livro esplêndido! Uma área textual que só no Ocidente se define como mística, quando representa melhor o vasto território comum à iluminação poética e à religiosa.»
    Mario Luzi

    Características detalhadasOs Imperdoáveis

    OUTRAS OBRAS de Cristina Campo

    Ver também