Os Lusiadas - The Lusiads

Luís de Camões (Autor) Lançamento a 15 novembro 2016 Edição em Português/Inglês
    Os Lusiadas - The Lusiads_0
    Os Lusiadas - The Lusiads
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento 15/11/2016
      Editor Compasso dos Ventos

      Ver todas as características

    • Uma das maiores obras da Literatura em Língua Portuguesa trazida ao público do mundo por um dos maiores tradutores britânicos de sempre.
      Esta versão inédita em Portugal reúne o poema épico de Luís de Camões com a tradução para a língua inglesa feita por Sir Richard Francis Burton em 1880.  Sir Richard Francis Burton é um dos maiores tradutores britânicos de todos os tempos e é também conhecido pelos trabalhos com o “Kama Sutra” (1883) e “As Mil e Uma Noites” (1885).
      Esta é uma oportunidade de ler, ou reler, a...
      Ver mais

    • Vendido pela Fnac  30,51 €
    • 2 novos desde 30,51 €  
    • 33,90 €
      30,51 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Os Lusiadas - The Lusiads

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Mais Informações Os Lusiadas - The Lusiads

    Uma das maiores obras da Literatura em Língua Portuguesa trazida ao público do mundo por um dos maiores tradutores britânicos de sempre.
    Esta versão inédita em Portugal reúne o poema épico de Luís de Camões com a tradução para a língua inglesa feita por Sir Richard Francis Burton em 1880.  Sir Richard Francis Burton é um dos maiores tradutores britânicos de todos os tempos e é também conhecido pelos trabalhos com o “Kama Sutra” (1883) e “As Mil e Uma Noites” (1885).
    Esta é uma oportunidade de ler, ou reler, a versão original e também uma das melhores traduções na língua inglesa, acompanhada de anotações.

    Mais que uma obra literária, pode-se dizer que é uma obra de arte, tal foi o empenho do autor em mantê-la com esta regularidade formal. Considerado o maior poema épico da língua portuguesa, foi publicado em 1572, com o apoio do Rei D. Sebastião. O poema conta histórias sobre as perigosas viagens marítimas e a descoberta de novas terras, povos e culturas, exaltando o heroísmo do homem, que, navegador, aventureiro, cavalheiro e amante, é também destemido e bravo, e enfrenta mares desconhecidos em busca dos seus objetivos. É a epopeia portuguesa por excelência, é a referência ou livro-síntese da História e da singularidade de Portugal no mundo. É uma síntese da História de Portugal, enquanto narra-se a descoberta do caminho marítimo para o Oriente por Vasco da Gama.

    Além de narrar o caminho para a Descoberta das Índias, a epopeia é inspirada por obras como a “Eneida” de Virgílio e a “Odisseia” de Homero. Os navegantes são supervisionados pelos deuses do Olimpo, que decidem o destino dos navegantes após a realização de um concílio: Os portugueses encontram em Vénus uma preciosa aliada e em Baco, o mais ferrenho inimigo, que teme que a audácia portuguesa conquiste as terras de Índia, antes dedicadas a ele e sobre o controlo do deus. Camões narra as grandes navegações, o império português no Oriente, os reis e heróis de nossa nação, dentre outros fatos que o tornam um poema histórico, enciclopédico e em seu Epílogo apresenta um lamento, que, ao deparar-se com a dura realidade do reino português na época de D. Sebastião, já não consegue deslumbrar novas glórias e conquistas no futuro de seu povo e ressente-se de que a sua “voz enrouquecida” não seja escutada com mais atenção.

    Sir Richard Francis Burton, ao mesmo tempo um brilhante linguista e aventureiro temerário, bem como uma figura complexa e polémica, traduziu outras obras, entre as quais o “Kama Sutra” (1883) e as “Mil e Uma Noites” (1885), cuja tradução causou frenesi entre os vitorianos devido a uma série de notas polémicas. Também o seu erudito "Ensaio Final", onde apresenta a história, os usos e costumes, os princípios e a religião de vários povos, ajudou a contribuir para ampliar a visão ocidental sobre os Oriente, além de relacioná-los com outras culturas.

    Características detalhadasOs Lusiadas - The Lusiads

    • Autor Luís de Camões
    • Editor Compasso dos Ventos
    • Data de lançamento 15/11/2016
    • EAN 978-9899955844
    • ISBN 9789899955844
    • Dimensões 16 x 23 cm
    • Nº Páginas 728
    • Encadernação Cartonado

    OUTRAS OBRAS de Luís de Camões

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Os Lusiadas - The Lusiads

    Condições de Utilização
    2/5
    • 1
      0
    • 2
      1
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      0
    2 OS LUSÍADAS Publicado em 04 nov 2018

    Excelente obra onde pela primeira vez podemos desfrutar em edição bilíngue PORTUGUÊS/INGLES. Parabéns a Editora COMPASSO DOS VENTOS E A FNAC por ter obras tão maravilhosas.


     Este comentário foi útil?

    Ver também