Os Velhos Diabos

Kingsley Amis (Autor) Lançado em julho de 2013 Edição em Português
    Os Velhos Diabos_0
    Os Velhos Diabos
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento julho 2013
      Editor Quetzal Editores
      Coleção Serpente Emplumada

      Ver todas as características

    • Publicado pela primeira vez em 1986, galardoado com o prémio Booker no mesmo ano e adaptado à televisão numa minissérie para a BBC, "Os Velhos Diabos" é considerado um dos melhores romances de Kingsley Amis e um dos melhores romances do século XX. Martin Amis considera-o a obra-prima do pai. Será que as pessoas chegam a crescer? Os velhos diabos desta história são como sempre foram – só que são prisioneiros de um corpo que envelhece. É como viver numa casa que precisa de arranjos que nunca chegam a ser feitos. Malcolm,... Ver mais

    • 10 € 7 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Os Velhos Diabos

    • PROMOÇÃO PREÇOS MÍNIMOS
    PROMOÇÃO PREÇOS MÍNIMOS: Até 60% desconto imediato em Livros e Entretenimento.
    Promoção Fnac válida de 7 janeiro a 2 fevereiro 2020.
    Aplicável a artigos vendidos pela Fnac (exclui e artigos vendidos pelo Marketplace).
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras campanhas ou promoções nem com os descontos Cartão Fnac.

    Descrição Os Velhos Diabos

    Publicado pela primeira vez em 1986, galardoado com o prémio Booker no mesmo ano e adaptado à televisão numa minissérie para a BBC, "Os Velhos Diabos" é considerado um dos melhores romances de Kingsley Amis e um dos melhores romances do século XX. Martin Amis considera-o a obra-prima do pai. Será que as pessoas chegam a crescer? Os velhos diabos desta história são como sempre foram – só que são prisioneiros de um corpo que envelhece. É como viver numa casa que precisa de arranjos que nunca chegam a ser feitos. Malcolm, Peter e Charlie e as respetivas mulheres têm uma única grande ambição na vida: beber tudo o que há para beber no País de Gales. A viver em Londres há várias décadas, Alun Weaver, um escritor de modesto renome, e a mulher, uma grande beleza do seu tempo, Rhiannon, decidem regressar à pequena e pacata comunidade galesa onde viveram no passado. Aí retomam o convívio regular – e os copos – com os antigos amigos – e as disputas, as rivalidades e as paixões do passado. Até que um súbito acontecimento trágico interrompe o reencontro.

    «O mestre permanece magistral.»
    The Los Angeles Times

    «O livro é, em parte, altamente cómico, claro, mas não é uma leitura aconchegante. A comédia tem um sopro de crematório, tratando de tópicos como a morte, a idade avançada, o ódio, o desgaste do casamento e a decadência da carne.»
    The Times

    «O livro mais ambicioso de Kingsley Amis é também o seu romance mais universal, abrangendo um leque de emoções e de vozes que vão desde o sombrio sardónico à ternura poética.»
    The New York Times

    Características detalhadasOs Velhos Diabos

    OUTRAS OBRAS de Kingsley Amis

    Ver também