Os Vivos, o Morto e o Peixe Frito

Lançado em setembro de 2014 (ePub) em Português
    Os Vivos, o Morto e o Peixe Frito_0
    Os Vivos, o Morto e o Peixe Frito
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento setembro 2014
      Editor CAMINHO
      Formato ePub
    • "Neste exercício literário sob a aparência de texto teatral, a reflexão bem-humorada explica muitos dos fatores da convivialidade africana em território europeu.Estamos perante um exercício puro de ficção e de liberdade: o autor dá voz aos africanos que vivem e viveram em Portugal, de um modo arejado e digno. O lado humano dos personagens africanos sobrepõe-se às suas nacionalidades, mas não aos seus costumes.Ondjaki deu-nos um texto cómico e sério, como se fosse um simples abraço a todos os que celebram a língua portuguesa... Ver mais

    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • Levantamento
      gratuito em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Devoluções
      gratuitas em loja

    Resumo

    "Neste exercício literário sob a aparência de texto teatral, a reflexão bem-humorada explica muitos dos fatores da convivialidade africana em território europeu.Estamos perante um exercício puro de ficção e de liberdade: o autor dá voz aos africanos que vivem e viveram em Portugal, de um modo arejado e digno. O lado humano dos personagens africanos sobrepõe-se às suas nacionalidades, mas não aos seus costumes.Ondjaki deu-nos um texto cómico e sério, como se fosse um simples abraço a todos os que celebram a língua portuguesa de cada um."Abderrahmane Ualibo. Jornalista e poetaOndjaki nasceu em Luanda em 1977. Prosador. Às vezes poeta. Co-realizou um documentário sobre a cidade de Luanda (Oxalá Cresçam Pitangas Histórias de Luanda). É membro da União dos Escritores Angolanos. Está traduzido em francês, espanhol, italiano, alemão, inglês, sérvio, sueco e chinês. Prémio Literário Sagrada Esperança 2004 (Angola) e Prémio Literário António Paulouro 2004, com 'E Se Amanhã O Medo' (contos); Grande Prémio de Conto «Camilo Castelo Branco» C. M. de Vila Nova de Famalicão/APE 2007, com 'Os Da Minha Rua'; o Grinzane for Africa Prize Young Writer 2008 (pelo conjunto da obra); Prémio FNLIJ Brasil 2010 e, também em 2010, o prémio JABUTI (Brasil), na categoria Juvenil, com 'AvóDezanove e o Segredo do Soviético' (romance); e o Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância, 2012, com A Bicicleta Que Tinha Bigodes. Em 2013, com Os Transparentes, ganhou o Prémio José Saramago.

    Avaliação da FNAC

    «Neste exercício literário sob a aparência de texto teatral, a reflexão bemhumorada explica muitos dos fatores da convivialidade africana em território europeu. Estamos perante um exercício puro de ficção e de liberdade: o autor dá voz aos africanos que vivem e viveram em Portugal, de um modo arejado e digno. O lado humano dos personagens africanos sobrepõe-se às suas nacionalidades, mas não aos seus costumes. Ondjaki deu-nos um texto cómico e sério, como se fosse um simples abraço a todos os que celebram a língua portuguesa de cada um.»
    Abderrahmane Ualibo jornalista e poeta.

    eBook com Kobo by Fnac

    Milhares de livros em qualquer lado graças aos leitores de ebooks Kobo by Fnac. Uma experiência de leitura otimizada para o mesmo conforto que um livro em papel.

    Descobrir

    Opiniões dos nossos clientes Os Vivos, o Morto e o Peixe Frito

    Sê o primeiro a dar
    a tua opinião sobre este produto

    Dar opinião ✔ A tua opinião foi gravada

    Características detalhadas

    Formato

    ePub

    Editor

    CAMINHO

    Data de lançamento

    setembro 2014

    EAN

    9789722127172

    QUE FORMATO PARA O MEU EBOOK?