Ostinato Rigore

Eugénio de Andrade (Autor) Edição em Português
    • Ostinato Rigore_0
    Ostinato Rigore
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Assírio & Alvim

      Ver todas as características

    • O quarto volume da coleção Obras de Eugénio de Andrade corresponde a Ostinato Rigore, um dos livros mais marcantes na sua obra poética. Como diz Eduardo Lourenço, no seu admirável texto Oiro e Melancolia, justamente dedicado a este livro, "A Sandália" de Eugénio de Andrade, poeta do instante eterno em que o meio-dia humano se incarna miraculosamente, é menos ostentatória que a de Empédocles. E mais lusitanamente acordada com a essência de uma lírica que, atentando melhor, e contrariamente ao que poderia parecer, inverte... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  8 €
    • 1 novo desde 9,31 €  
    • 10 € 8 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Ostinato Rigore

    • PROMOÇÃO PORTUGAL DIGITAL WEEK
    PROMOÇÃO PORTUGAL DIGITAL WEEK: Desde 20% desconto imediato em todos os Livros, incluindo novidades.
    Promoção exclusiva online válida apenas hoje dia 21 de outubro 2019.
    Aplicável nos artigos assinalados (exclui Marketplace e eBooks).
    'Iniciativa promocional nos termos do regime jurídico do preço fixo do livro', conforme imposto pela alínea b) do n.º 2 do artigo 14.º da Lei do Preço Fixo do Livro.
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras promoções nem com os 10% desconto imediato em livros para aderentes Cartão Fnac.

    Descrição Ostinato Rigore

    O quarto volume da coleção Obras de Eugénio de Andrade corresponde a Ostinato Rigore, um dos livros mais marcantes na sua obra poética.

    Como diz Eduardo Lourenço, no seu admirável texto Oiro e Melancolia, justamente dedicado a este livro, "A Sandália" de Eugénio de Andrade, poeta do instante eterno em que o meio-dia humano se incarna miraculosamente, é menos ostentatória que a de Empédocles. E mais lusitanamente acordada com a essência de uma lírica que, atentando melhor, e contrariamente ao que poderia parecer, inverte menos a sua música profunda de um canto ingénuo da nossa alma galaica, vibrando anónima com a Natureza, do que a potencia magicamente como resposta e refúgio contra o mundo sem inocência que nos coube.

    É com um breve poema que integra hoje a nossa memória cultural que o poeta de Ostinato Rigore se despede do seu verão, como nós nos despedimos dele colhendo

    Características detalhadasOstinato Rigore

    OUTRAS OBRAS de Eugénio de Andrade

    Ver também