Piloto de Guerra

Antoine de Saint-Exupéry (Autor) Edição em Português
    • Piloto de Guerra_0
    Piloto de Guerra
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Livros do Brasil
      Coleção Nova Coleção Dois Mundos

      Ver todas as características

    • Em 1939, Saint-Exupéry é mobilizado para a Segunda Guerra Mundial e designado capitão do grupo de aviação 2/33, no qual cumpre missões de reconhecimento fotográfico. Um ano mais tarde, após o armistício assinado pelo Marechal Pétain, exila-se nos Estados Unidos e é aí que, em 1942, publica pela primeira vez "Piloto de Guerra", romance em que descreve a guerra, os seus heroísmos e os seus horrores, e reflete sobre a sua fuga da pátria ocupada. Homenagem àqueles que sacrificaram as suas vidas e manifesto de uma França que... Ver mais

    • 15,50 € 12,40 €

      Em stock online

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Piloto de Guerra

    • Promoção 20º Aniversário Fnac.pt
    PROMOÇÃO 20º ANIVERSÁRIO FNAC.PT: Até 50% de desconto imediato em Tecnologia, Livros e Entretenimento.
    Promoção Exclusiva Online, válida de 11 a 14 de novembro 2019.
    Aplicável nos artigos assinalados e vendidos pela Fnac.pt (exclui Marketplace, eBooks e Pré-Vendas).
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras promoções nem com os descontos Cartão Fnac.
    Artigos de Tecnologia limitados a 2 unidades por NIF.
    Portes Grátis para encomendas de valor igual ou superior a 15€ (exclui Marketplace), válido para entregas em Portugal Continental em 1 dia útil ou levantamento nas lojas FNAC.

    Descrição Piloto de Guerra

    Em 1939, Saint-Exupéry é mobilizado para a Segunda Guerra Mundial e designado capitão do grupo de aviação 2/33, no qual cumpre missões de reconhecimento fotográfico. Um ano mais tarde, após o armistício assinado pelo Marechal Pétain, exila-se nos Estados Unidos e é aí que, em 1942, publica pela primeira vez "Piloto de Guerra", romance em que descreve a guerra, os seus heroísmos e os seus horrores, e reflete sobre a sua fuga da pátria ocupada. Homenagem àqueles que sacrificaram as suas vidas e manifesto de uma França que recusa a derrota, é o testemunho de um homem nascido para ver o mundo de cima para baixo e que regista com grande autenticidade literária a sua experiência de ação. Em 1944, a libertação de França leva-o de volta ao seu avião. Descolando da ilha da Sardenha a 31 de julho de 1944, em missão de reconhecimento, Saint-Exupéry nunca chegaria ao seu destino, no sul de França. Esta tradução de Piloto de Guerra é de Ruy Belo.

    Características detalhadasPiloto de Guerra

    OUTRAS OBRAS de Antoine de Saint-Exupéry

    Ver também