Regresso a Reims

Didier Eribon (Autor) Lançamento a 21 maio 2019 Edição em Português
    • Regresso a Reims_0
    Regresso a Reims
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento 21/05/2019
      Editor Dom Quixote

      Ver todas as características

    • "Um ensaio notável que entrelaça escrita autobiográfica com reflexão sociológica. Ao analisar a história da sua família e a vida social e intelectual a partir de 1950, Didier Eribon procura também explicar muitas das questões do nosso tempo, nomeadamente por que motivo grande parte da classe trabalhadora francesa se virou para a Frente Nacional. Após a morte do pai, o filósofo francês Didier Eribon regressa à sua terra natal, Reims, e reencontra o ambiente de classe trabalhadora que havia deixado trinta anos antes ao voltar... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  15,93 €
    • 4 novos desde 16,82 €  
    • Todas as ofertas
      • 16,82 € Custos de envio +0 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Easybook
        (643)
      • 17,35 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Oceanum
        (1812)
      • 17,70 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (3307)
      • 17,70 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        WolverineBooks
        (2354)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Resumo Regresso a Reims

    Um livro excecional e revelador que ajuda a compreender a ascensão da extrema-direita na Europa.Um ensaio notável que entrelaça escrita autobiográfica com reflexão sociológica. Ao analisar a história da sua família e a vida social e intelectual a partir de 1950, Didier Eribon procura também explicar muitas das questões do nosso tempo, nomeadamente por que motivo grande parte da classe trabalhadora francesa se virou para a Frente Nacional. Após a morte do pai, o filósofo francês Didier Eribon regressa à sua terra natal, Reims, e reencontra o ambiente de classe trabalhadora que havia deixado trinta anos antes ao voltar costas ao passado. Aos poucos, vai-se apercebendo de que a rutura com a família não se explica nem pela sua homossexualidade nem pela homofobia do ambiente doméstico, mas pela vergonha que tem da sua origem social. Eribon decide então mergulhar no passado e traçar a história da sua família. Evocando o mundo operário da sua infância e reconstituindo a sua ascensão social, o autor mistura, em cada etapa dessa narrativa íntima e comovente, os elementos de uma reflexão sobre classes sociais, o sistema escolar, a criação de identidades, a sexualidade e a diferença de género, a política, a democracia e a mudança de padrões de voto da classe trabalhadora refletida pela própria família de Eribon, que alterou a sua lealdade do Partido Comunista para o de Le Pen.

    Mais Informações Regresso a Reims

    "Um ensaio notável que entrelaça escrita autobiográfica com reflexão sociológica.

    Ao analisar a história da sua família e a vida social e intelectual a partir de 1950, Didier Eribon procura também explicar muitas das questões do nosso tempo, nomeadamente por que motivo grande parte da classe trabalhadora francesa se virou para a Frente Nacional.

    Após a morte do pai, o filósofo francês Didier Eribon regressa à sua terra natal, Reims, e reencontra o ambiente de classe trabalhadora que havia deixado trinta anos antes ao voltar costas ao passado.

    Aos poucos, vai-se apercebendo de que a rutura com a família não se explica nem pela sua homossexualidade nem pela homofobia do ambiente doméstico, mas pela vergonha que tem da sua origem social. Eribon decide então mergulhar no passado e traçar a história da sua família.

    Evocando o mundo operário da sua infância e reconstituindo a sua ascensão social, o autor mistura, em cada etapa dessa narrativa íntima e comovente, os elementos de uma reflexão sobre classes sociais, o sistema escolar, a criação de identidades, a sexualidade e a diferença de género, a política, a democracia e a mudança de padrões de voto da classe trabalhadora – refletida pela própria família de Eribon, que alterou a sua lealdade do Partido Comunista para o de Le Pen. "

    Características detalhadasRegresso a Reims

    • Autor Didier Eribon
    • Editor Dom Quixote
    • Data de lançamento 21/05/2019
    • EAN 978-9722066983
    • ISBN 9789722066983
    • Dimensões 15,7 x 23,5 cm
    • Nº Páginas 232
    • Encadernação Capa mole

    CARACTERÍSTICAS DO EBOOK

    • Formato ePub
    • Editor D. QUIXOTE
    • Data de lançamento abril 2019
    • EAN 9789722066990
    QUE FORMATO PARA O MEU EBOOK?

    OUTRAS OBRAS de Didier Eribon

    Ver também