Revista Orpheu Nº 3

Fernando Pessoa (Autor) Mário de Sá-Carneiro (Autor) Lançamento a 22 junho 2018 Edição em Português
    • Revista Orpheu Nº 3_0
    Revista Orpheu Nº 3
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento 22/06/2018
      Editor Imense
      Coleção Revista Orpheu

      Ver todas as características

    • Nascido o projecto de Orpheu, em Fevereiro de 1915, os primeiros dois números saíram rapidamente, em Março e em Junho. Mas a publicação de Orpheu 3 arrastou-se, dando azo a vários sumários bastante diversificados, até que quase, quase conseguiu sair. E nesse estado de “quase” ficou para sempre: em provas “quase” ficou para sempre: em provas tipográficas impressas em Julho de 1917, sem capa e sem a colaboração de Álvaro de Campos (1), que fazia imensa falta. É claro que a principal dificuldade foi financeira, uma vez que o... Ver mais

    • 5,50 €
      4,95 €

      Em stock online

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Revista Orpheu Nº 3

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Mais Informações Revista Orpheu Nº 3

    Nascido o projecto de Orpheu, em Fevereiro de 1915, os primeiros dois números saíram rapidamente, em Março e em Junho. Mas a publicação de Orpheu 3 arrastou-se, dando azo a vários sumários bastante diversificados, até que quase, quase conseguiu sair. E nesse estado de “quase” ficou para sempre: em provas “quase” ficou para sempre: em provas tipográficas impressas em Julho de 1917, sem capa e sem a colaboração de Álvaro de Campos (1), que fazia imensa falta. É claro que a principal dificuldade foi financeira, uma vez que o pai de Sá-Carneiro — patrocinador de Orpheu 1 e 2 — fechara a torneira, mas havia outra: era difícil arranjar boas colaborações.

    Características detalhadasRevista Orpheu Nº 3

    OUTRAS OBRAS de Fernando Pessoa

    Ver também