Salomé

Oscar Wilde (Autor) Lançado em janeiro de 2011 Livro de Bolso em Português
    • Salomé_0
    Salomé
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento janeiro 2011
      Editor Assírio & Alvim
      Coleção Gato Maltês

      Ver todas as características

    • «Wilde escreveu Salomé; em francês, provavelmente por a querer próxima de belezas já conhecidas em Maeterlinck; mas de certeza porque Sarah Bernhardt lhe pedia desde há muito uma peça sobre a rainha Isabel I, e talvez o dispensasse da encomenda se à sua vista fosse estendida uma irrecusável extravagância luxuosa e orientalista, de bom convívio com os seus gestos largos e as suas tiradas longas. Foram decisivas uma visita à casa do escritor Jean Lorrain — onde viu, pousada numa bandeja, a cabeça de cera que o levou ao mau... Ver mais

    • 7 €
      6,30 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Salomé

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Descrição Salomé

    «Wilde escreveu Salomé; em francês, provavelmente por a querer próxima de belezas já conhecidas em Maeterlinck; mas de certeza porque Sarah Bernhardt lhe pedia desde há muito uma peça sobre a rainha Isabel I, e talvez o dispensasse da encomenda se à sua vista fosse estendida uma irrecusável extravagância luxuosa e orientalista, de bom convívio com os seus gestos largos e as suas tiradas longas. Foram decisivas uma visita à casa do escritor Jean Lorrain — onde viu, pousada numa bandeja, a cabeça de cera que o levou ao mau capricho da fotografia em pose de Salomé—e uma visita aoMoulin Rouge—onde uma bailarina italiana executava, só como torso e o ventre, a dança ideal para a sua peça.
    […]
    Só nesta obra dramática de Wilde a linguagem perseguiu o intuito de criar uma atmosfera sensual e sufocante, com um vocabulário caro à “decadência” estética do final do século XIX e que já surgia nalguns passos de Dorian Gray.Wilde espalha sangue, vinho emuitas cores, põe pratas a cintilar na lua, enfeita discursos comtopázios, ónix, sardónicas e calcedónias, que lá se encontram quase sempre como sonoridades reduzidas à sua função de “palavra”, e não para as significações mais profundas que assumem, por exemplo, emMallarmé ouMaeterlinck. A peça desenrola-se sob os raios de uma lua vista por cada personagemcomolhar diferente, e que é reflexo dos seus próprios anseios. As personagens ouvem-se pouco umas às outras, dialogam entre si com os monólogos do seu isolamento carregado de uma nostalgia erótica que procura a beleza e teme amorte.»
    Aníbal Fernandes

    Características detalhadasSalomé

    • Autor Oscar Wilde
    • Editor Assírio & Alvim
    • Data de lançamento janeiro 2011
    • Coleção Gato Maltês
    • EAN 978-9723715712
    • ISBN 9789723715712
    • Dimensões 11,5 x 18,5 cm
    • Nº Páginas 128
    • Encadernação Capa Mole

    OUTRAS OBRAS de Oscar Wilde

    Ver também