Sugestões FNAC

Teletrabalho: os nossos conselhos para seres bem-sucedido

BlogFNAC
Por BlogFNAC
Em 16/03/2020
2073
Teletrabalho: os nossos conselhos para seres bem-sucedido

Quer seja voluntário, quer tenha sido necessário devido às circunstâncias, o teletrabalho está cada vez mais presente nos nossos hábitos e com tendência para continuar a aumentar. Para que o trabalho remoto seja bem-sucedido, preparámos alguns conselhos que te vão ajudar a melhor gerir o teu dia.

 

 

TELETRABALHO: O QUE É?

 

O significado de teletrabalho – ou trabalho remoto – envolve a oportunidade dada aos colaboradores de uma empresa de trabalharem sem ser necessário deslocarem-se até ao local de trabalho. Temos tendência a pensar que o teletrabalho implica o trabalho a partir de casa (home office), mas nem sempre é o caso. O teletrabalho pode ser feito a partir de casa, mas também num espaço de trabalho partilhado, em espaços de co-work ou em telecentros.

 

Qual é a diferença entre os dois? O primeiro é um espaço de partilha comum, muito utilizado pelos trabalhadores independentes. O telecentro é um espaço onde um ou mais trabalhadores podem aceder aos equipamentos que aí se encontram (computadores, impressoras, acessos internet seguros, secretárias individuais, sala de reuniões, equipamento de videoconferência, etc) necessários para o trabalho à distância.

 

teletrabalho-homeoffice

 

 

COMO FUNCIONA ?

 

Passar a trabalhar remotamente não é algo que se improvise. Regra geral, este resulta de um contrato de teletrabalho, entre o trabalhador e a empresa, que deve ser celebrado por escrito, fazendo constar desse documento as condições do teletrabalho, a sua duração, e os direitos e deveres do colaborador. Adicionalmente, existem imperativos técnicos e materiais a respeitar.

 

  • Execução ao nível da empresa

 

A empresa deve criar um acesso individual às ferramentas de trabalho e à rede informática privada da empresa, chamada de Intranet. Ou seja, o acesso à distância tem de ser configurado de forma a que possamos estar no nosso posto de trabalho como se estivéssemos no escritório. Para tal, é preciso ligar os equipamentos através de um cliente VPN (Virtual Private Network) da empresa. Este permite um acesso remoto seguro e anónimo, seguindo a lógica de um VPN utilizado por um particular.

 

  • O equipamento

 

Para ter um verdadeiro home office, é recomendável que tenhamos um espaço para o efeito, idealmente um escritório com uma secretária, sempre que possível. Isto permite-nos maior isolamento e concentração nas tarefas. Se for utilizado um computador portátil entregue pela empresa para o teletrabalho, já terá todos os programas e segurança necessários. Mas, se for utilizado um equipamento pessoal, é importante instalar uma solução antivírus atualizada e, claro, uma ligação à internet.

 

  • A instalação

 

Em concreto, a instalação de um local de teletrabalho é relativamente simples. O empregador deve explicar como fazer a ligação, bem como utilizador e password necessários para fazer a ligação ao VPN da empresa. Com estes dados, podes aceder à interface de ligação ao posto de trabalho remoto e abrir a sessão com os mesmos identificadores que são utilizados quando estamos no escritório.

A qualidade da ligação pode variar em função da qualidade do acesso à internet em casa, mas deverá ser possível ter mais ou menos as mesmas condições de trabalho, com um pouco mais de latência. Para evitar a sobrecarga dos servidores, a empresa pede por vezes para se ligarem apenas em necessidade imperativa de acesso às ferramentas e recursos específicos e ficar fora da ligação VPN o resto do tempo.

 


teletrabalho-criancas

 

ENCONTRA OS NOSSOS CONSELHOS PARA ESCOLHER O TEU COMPUTADOR DE TRABALHO

 

 

O TELETRABALHO É PARA QUEM? COMO POSSO SER BEM-SUCEDIDO AO REALIZÁ-LO?

 

PARA QUEM?


Em teoria, qualquer colaborador pode fazer o pedido junto da entidade empregadora. Na prática, nem todas as funções podem ser exercidas em teletrabalho. Atividades como a restauração, o têxtil, o comércio de proximidade, apoio a pessoas, etc, requerem logicamente uma presença física. Em contrapartida, as atividades que se operem essencialmente de forma virtual e via computador podem ser efetuadas à distância, havendo condições técnicas e materiais para tal.

 

Mas não é por ser possível que o teletrabalho é sempre desejável. O empregador pode entender que a presença no local de trabalho é necessária para uma maior coordenação ou considerar que o teletrabalho não é adequado se entender que há falta de autonomia por parte do colaborador. Por outro lado, há colaboradores que lidam mal com o isolamento e a falta de contacto humano implícitos ao teletrabalho.

 

AS BOAS PRÁTICAS PARA UM TELETRABALHO BEM-SUCEDIDO:

 

  • Mantém a tua rotina de trabalho;

 

Se tens por hábito chegar e sair do escritório mais ou menos à mesma hora de manhã e à tarde, não alteres nada, mesmo se estiveres em casa. Isto vai ajudar-te a manter o ritmo.

 

  • Prepara-te de manhã como se fosses sair de casa;

 

O teletrabalho tem a vantagem de te poupar o tempo de transporte e ninguém te vê. A tentação pode assim ser forte para ficares em roupas descontraídas e adiar as rotinas de higiene matinais. Não será preciso pores a gravata, mas continua a levantar-te às horas normais e vestir-te como se estivessem a ver-te.

 

  • Programa pausas;

 

Um dos inconvenientes do teletrabalho é que não há colegas para te virem propor uma pausa para o café ou dois dedos de conversa. Por isso, não é raro dares por ti a fazeres longas sessões de trabalho sem dares por isso e, às vezes, até saltares refeições. Coloca alarmes regulares no teu smartphone para desligar de tempos a tempos.

 

  • Se possível, apanha um pouco de ar;

 

Para ir até ao teu local de trabalho, apanhas o autocarro, o metro, o carro, a bicicleta, andas, etc. Em resumo, sais, apanhas ar e interages socialmente. Ao realizar trabalho remoto, tudo isto tende a desaparecer. Neste momento em que todos temos de ficar em casa, vai um pouco até à janela ou varanda (se tiveres) e descontrai, aproveita até para leres umas páginas de um livro.

 

  • Mantém o intervalo do almoço;

 

Muitas pessoas não gostam de comer sozinhas. No escritório, encontramos os colegas na cantina, falamos do trabalho ou da família, etc. Em teletrabalho, podemos experimentar um sentimento de solidão que nos faz saltar as refeições e ceder aos snacks. Outro aspeto importante a reter sobre a pausa para almoço, é que permite descansar o cérebro e reanimar o corpo. Não fazer este intervalo significa perder eficácia e expor-se a uma fadiga prematura.

 

  • A mãe e/ou o pai está a trabalhar;

 

Explica bem às crianças que a mãe ou o pai está a trabalhar. As crianças, sobretudo as mais pequenas, têm dificuldade a perceber que mesmo estando em casa, a mãe ou o pai não estão tão disponíveis. Deve-lhes ser explicado que eles se devem comportar como se não estivesses em casa e não te incomodar a não ser que seja mesmo necessário. Estabelece-lhes também objetivos de trabalho, de leitura ou de revisões para o dia e prevê intervalos de alguns minutos para estar com eles e fazer uma pausa. Consulta aqui ideiais de atividades criativas para fazer com as crianças!

 

  • Evita todas as distrações

 

Apesar de estares no sossego da tua casa as distrações podem ser muitas, seja o vizinho do lado que decidiu fazer obras agora, seja o teu cão ou gato que gostam sempre de participar em alguma call ou dar uma patinha naquele email, seja o teu telemóvel que não para de receber notificações de notícias sobre o coronavirus, dos teus amigos e família, dos teus colegas de trabalho. Para te ajudar a concentrares no teu trabalho tenta definir limites, encontra um espaço em tua casa onde possas estar mais isolado (com a porta fechada se assim preferires) durante o teu horário de trabalho. Para bloqueares qualquer barulho externo os headphones são também uma boa solução, para além de que vão tornar o teu dia bem mais animado.

Tenta-te abstrair das notificações dos grupos de Whatsapp e messenger, e se tens ferramentas de chat entre colegas como o Skype ou o Slack tenta não estar sempre atento a tudo, cria momentos para ires consultando estes espaços de conversa e respondendo aos teus colegas, de forma a conseguires ter tempo para terminares as tuas tarefas o mais rapidamente possível.

 

  • Estabelece contacto com os teus colegas

 

O teletrabalho e o isolamento implicam com frequência um sentimento de desmotivação; o facto de marcares calls com os teus colegas permite-te trocar pontos de vista com eles, avançar e até desbloquear algum problema. Quer seja por mail, telefone, skype, ou outra ferramenta de comunicação interna da empresa, guardar este elo de ligação é essencial sobretudo quando o teletrabalho é necessário por longos períodos de tempo.

 

teletrabalho-skype

 

Esperamos que estes conselhos te possam ser úteis e desejamos-te um excelente teletrabalho!

A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore