Terra da Paciência

Francisco Ceia (Autor) Lançamento a 1 janeiro 2013 Edição em Português
    Terra da Paciência_0
    Terra da Paciência
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento 01/01/2013
      Editor Colibri
      Coleção Extra-coleccao
    • «(…) Anda lá, desembucha, palerma… senão levas outra!Foi a rabuja do sargento, já de mão no ar, perante a estupefacção do bispo, e do acólito. Sancho pigarreou… como se a espinha de um peixe do mar, que nunca vira, e o mais certo seria, jamais lhe pôr a vista em cima, sentir na sua orla, o formigueiro das areias quentes na planta dos pés, receber os salpicos das ondas… talvez aqui neste relato, e por enquanto, que a vida dá muitas voltas, sabe-se lá… assentasse melhor, no engasgo do lanceiro, metáfora condicente com a... Ver mais

    • Vendido pela FNAC  18 €
    • 1 novo em Marketplace desde 18,63 €  
    • Todas as ofertas
      • 18,63 € Custos de envio +4,44 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Imosver
        (9398)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • Levantamento
      gratuito em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Devoluções
      gratuitas em loja

    Resumo

    «(…) Anda lá, desembucha, palerma… senão levas outra!Foi a rabuja do sargento, já de mão no ar, perante a estupefacção do bispo, e do acólito. Sancho pigarreou… como se a espinha de um peixe do mar, que nunca vira, e o mais certo seria, jamais lhe pôr a vista em cima, sentir na sua orla, o formigueiro das areias quentes na planta dos pés, receber os salpicos das ondas… talvez aqui neste relato, e por enquanto, que a vida dá muitas voltas, sabe-se lá… assentasse melhor, no engasgo do lanceiro, metáfora condicente com a personagem… olha, carocito de azeitona… seja, faça-se a vontade ao livre arbítrio, de quem encena estas peripécias, em admiráveis ermos interiores… na terra da paciência. (…)(…) Na terra da paciência, hão-de outro dia, estar dedos calejados e hábeis, encanastrando a prestimosa cestaria… cúmplices, uma vida inteira, de outros, femininos, curvos e doridos… que, neste preciso instante… de aflijo e segredo, seguram firmes o caldeiro, e vão derramando devagarinho, água fervente, na meia barrica, para tempero da que lá habita, pois sendo ela tão escassa, há que lhe dar o melhor proveito: Aonde já se viu…? … aonde… ? … com este bafo apertando a noite… tem a quem sair friorento, o rapaz… bom, bom… mais outro caldeirinho igual a este, e vai ter água morninha pelas barbas… anda, vai chamá-los, e despacha-me esse fogareiro, quero tudo queimadinho… ah… não te esqueças, traz a farpela que os moços vestiam… aqueles camisotes… cor do vinho estragado… marcha tudinho… farrapito, percevejos, pulgas e restante bicheza… nem um se salva, nem um…!. (…)»

    Opiniões dos nossos clientes Terra da Paciência

    Sê o primeiro a dar
    a tua opinião sobre este produto

    Dar opinião ✔ A tua opinião foi gravada

    Características detalhadas

    Editor

    Colibri

    Data de lançamento

    01/01/2013

    Coleção

    Extra-coleccao

    EAN

    978-9896893705

    ISBN

    9789896893705

    Dimensões

    17 x 24 x 2,2 cm

    Encadernação

    Capa Mole