Território em Espera

Duarte Belo (Autor) Duarte Belo (Autor) Algarve Interior Lançado em janeiro de 2005 Edição em Português
    • Território em Espera_0
    Território em Espera

    Venda o seu Território em Espera com apenas alguns cliques,
    em fnac.pt

    1. Vende o teu produto
    2. Um cliente compra o teu produto
    3. Envia o teu produto
    4. Recebe o pagamento
    Passar para conta Pro!
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento janeiro 2005
      Editor Assírio & Alvim

      Ver todas as características

    • Este livro pretende mostrar um Algarve menos conhecido. Reúne 50 imagens (a preto e branco), captadas na serra, no barrocal e em extensões de sobreiros. A cortiça «é seguramente o maior tesouro destas terras, que se vão esvaindo de pessoas. É sobretudo pela actividade da extracção de cortiça que o abandono da serra não é mais completo e fracturante, tornando-a num território definitivamente abandonado, atravessado, sem espera, por uma via rápida ou um caminho-de-ferro.» (D.B.)
      Todas as fotografias foram feitas num...
      Ver mais

    • 15 €
      13,50 €

      Apenas 1 em stock

      Entrega gratuita

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Território em Espera

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Descrição Território em Espera

    Este livro pretende mostrar um Algarve menos conhecido. Reúne 50 imagens (a preto e branco), captadas na serra, no barrocal e em extensões de sobreiros. A cortiça «é seguramente o maior tesouro destas terras, que se vão esvaindo de pessoas. É sobretudo pela actividade da extracção de cortiça que o abandono da serra não é mais completo e fracturante, tornando-a num território definitivamente abandonado, atravessado, sem espera, por uma via rápida ou um caminho-de-ferro.» (D.B.)
    Todas as fotografias foram feitas num território sensivelmente compreendido entre S. Brás de Alportel — numa paisagem de transição entre o Algarve interior e o litoral densamente povoado —, Ameixial — no concelho de Loulé, já muito próximo da linha administrativa que separa os distritos de faro e de Beja —, Mú — um dos pontos mais elevados da Serra do Caldeirão — e a Rocha da Pena, lugar paradigmático do Barrocal algarvio.

    Características detalhadasTerritório em Espera

    OUTRAS OBRAS de Duarte Belo

    Ver também