Trilogia do Lótus - Livro 1: As Flores de Lótus

José Rodrigues dos Santos (Autor) Lançado em outubro de 2015 Edição em Português
    Trilogia do Lótus - Livro 1: As Flores de Lótus_0
    Trilogia do Lótus - Livro 1: As Flores de Lótus
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento outubro 2015
      Editor Gradiva
      Coleção Trilogia do Lótus

      Ver todas as características

    • Pode uma ideia mudar o mundo?

      O século XX nasce, e com ele germinam as sementes do autoritarismo. Da Europa à Ásia, as ondas de choque irão abalar a humanidade e atingir em cheio quatro famílias.

      Depois de assistir à queda da monarquia, o capitão Artur Teixeira vê as esperanças da República afundarem-se num caos de instabilidade. Adere à revolução militar e recebe uma missão: convencer Salazar a tornar-se ditador.
      Satake Fukui cresce num Japão dilacerado entre a tradição e a modernidade. O seu confronto com o...
      Ver mais

    • Vendido pela Fnac  19,80 €
    • 3 novos desde 16,50 €   e 1 usado ou recondicionado desde 29,99 €
    • 22 €
      19,80 €

      Em stock online

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Trilogia do Lótus - Livro 1: As Flores de Lótus

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Descrição Trilogia do Lótus - Livro 1: As Flores de Lótus

    Pode uma ideia mudar o mundo?



    O século XX nasce, e com ele germinam as sementes do autoritarismo. Da Europa à Ásia, as ondas de choque irão abalar a humanidade e atingir em cheio quatro famílias.

    Depois de assistir à queda da monarquia, o capitão Artur Teixeira vê as esperanças da República afundarem-se num caos de instabilidade. Adere à revolução militar e recebe uma missão: convencer Salazar a tornar-se ditador.
    Satake Fukui cresce num Japão dilacerado entre a tradição e a modernidade. O seu confronto com o militarista Sawa reflecte um braço de ferro que ameaça mergulhar o país e o mundo numa catástrofe sem precedentes.
    A chinesa Lian-hua nasce com olhos azuis, os mesmos que veem a China arrastada para um choque titânico entre os nacionalistas, os comunistas e os japoneses. Apanhada no fogo cruzado, é raptada por um radical comunista: o jovem Mao Tsé Tung.
    Os bolcheviques acabam de conquistar a Sibéria e batem à porta da pequena quinta dos Skuratov. Estaline iniciou as coletivizações e Nadezhda e a família são lançados num ciclo de medo, fome e sofrimento.


    Quatro histórias. Quatro famílias. Quatro destinos.



    Senhor de um prosa lúcida e poderosa, José Rodrigues dos Santos embarca connosco e com figuras históricas como Salazar e Mao Tsé Tung numa viagem arrebatadora que nos leva de Lisboa a Tóquio, de Irkutsk a Changsha, do comunismo ao fascismo. Com as As Flores de Lótus nasce uma das mais ambiciosas obras da literatura portuguesa contemporânea.


    Excerto:
    O olhar de Salazar desviou-se momentaneamente para a janela do automóvel. Caíam lá fora os primeiros pingos de chuva, provenientes da treva, que deslizavam em ziguezague pelos vidros como se a noite despejasse lágrimas, mas logo surgiram nos passeios as luzes amareladas dos candeeiros noturnos, sinal seguro de que entravam em Lisboa.
    “Para que se fez esta revolução se é para ficar tudo na mesma?”
    “Na mesma?”, admirou-se o general Carmona. “O que quer o senhor dizer com isso?”
    “O problema do país, senhor general, são os partidos!”, exclamou Salazar, a voz a ganhar veemência. “Os partidos, está vossa excelência a entender? Foi justamente a ação nefasta dos políticos e dos partidos que pôs o país onde ele está, senhor general. Ao contrário do que apregoam aos quatro ventos, os partidos não existem para servir o povo, mas para servir as suas clientelas. Fingindo servir a população, os partidos servem-se a si mesmos e apenas deixam ao país umas migalhas do banquete que engorda as suas gentes. Essa é que é a raiz do problema!”

    Características detalhadasTrilogia do Lótus - Livro 1: As Flores de Lótus

    OUTRAS OBRAS de José Rodrigues dos Santos

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Trilogia do Lótus - Livro 1: As Flores de Lótus

    Condições de Utilização
    5/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      1
    Opiniões Verificadas
    5 Fascinante Publicado em 17 fev 2019

    Comprei há 2 semanas e estou a adorar


     Este comentário foi útil?

    Ver também