Um Ano no Tráfico de Mulheres

António Salas (Autor) Edição em Português
    Um Ano no Tráfico de Mulheres_0
    Um Ano no Tráfico de Mulheres
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Livros d'Hoje
      Coleção Hora Actual

      Ver todas as características

    • Ao longo de um ano Antonio Salas, o autor de "Diário de Um Skin", fez-se passar por um traficante de mulheres à procura de pistas para desmascarar o sórdido e miserável mercado do sexo. As suas conclusões são chocantes! «Todos conhecemos também alguma criança de treze anos; uma filha, uma irmã, uma neta, uma vizinha... Eu lembrei-me de Patricia, a filha da minha ex-cunhada, e por um instante imaginei-a a ela nas garras de uma rede como a do mexicano. Imaginei-a vendida como uma boneca de trapos humana e colocada a trabalhar... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  8,91 €
    • 2 novos desde 9,89 €  
    • Todas as ofertas
      • 9,89 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Oceanum
        (2499)
      • 9,90 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (4469)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição Um Ano no Tráfico de Mulheres

    Ao longo de um ano Antonio Salas, o autor de "Diário de Um Skin", fez-se passar por um traficante de mulheres à procura de pistas para desmascarar o sórdido e miserável mercado do sexo. As suas conclusões são chocantes!

    «Todos conhecemos também alguma criança de treze anos; uma filha, uma irmã, uma neta, uma vizinha... Eu lembrei-me de Patricia, a filha da minha ex-cunhada, e por um instante imaginei-a a ela nas garras de uma rede como a do mexicano. Imaginei-a vendida como uma boneca de trapos humana e colocada a trabalhar num qualquer bordel de luxo para clientes exigentes. Visualizei-a sendo manuseada por um empresário babado, suado e seboso como Manuel. E mal consegui conter a minha ira. [...] Graças a Deus, aquele arrebate durou-me apenas uns instantes. Sou um investigador e não um piquete de linchamento, mas a verdade é que a investigação estava a passar dos limites. Torna-se difícil entrar no papel de um sacana sem escrúpulos, como supostamente são todos os traficantes de seres humanos e de drogas, e evitar que a representação não te devore»

    «Nesta viagem até ao inferno, o autor sentiu compaixão, lástima, ira, desejo, culpabilidade, frustração, asco, impotência e, acima de tudo, tristeza. Uma imensa tristeza.»

    «Se tivesse conseguido prever a angústia e o desespero que ia experimentar ao infiltrar-me neste mundo perverso, talvez nunca tivesse iniciado esta investigação.»

    Características detalhadasUm Ano no Tráfico de Mulheres

    OUTRAS OBRAS de António Salas

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Um Ano no Tráfico de Mulheres

    Condições de Utilização

    Ver também