Royal Fado

    Royal Fado_0
    Royal Fado
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Interprete(s) Yolanda Soares

      Ver todas as características

    • Neste terceiro álbum, Yolanda Soares inspira-se novamente em Fados Amalianos ( sua grande influência dentro do Fado), mas numa época muito específica da carreira de Amália, onde o Fado sofreu uma “transformação”, quer com a escolha de autores mais eruditos (como Camões por exemplo) quer pelas melodias mais complexas e elaboradas ( principalmente as do compositor Alain Oulman ). Nessa época os guitarristas tinham alguma dificuldade em abordar tais fados, e em tom irónico diziam: “... lá vai ela para as óperas...” . Foi... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  1 €
    • 6 novos desde 14,15 €  
    • 14,35 €

      Disponível

      Envio normal : gratuito

      Envio com Tracking : gratuito

      Envio Contra Assinatura : gratuito

      DodaxEU-PT
      (Vendedor profissional)
      18714 venda(s)
      Estado do produto
      Novo
      País de expedição
      Alemanha
      Prazo médio de entrega
      Entre 14 e 21 dias úteis
      Taxa de aceitação
      100,00%

      Comentários do vendedor :

      Produtos Novos! Prazo de entrega aproximado: 14-21 dias. Apenas oferecemos Entrega Normal. Não oferecemos serviço de entrega Com Tracking nem Contra Assinatura. Atendimento ao cliente em várias línguas. Obrigado pela sua encomenda.

      Todas as ofertas
      • 14,35 € Custos de envio +0 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        DodaxEU-PT
        (18714)
      • 14,15 € Custos de envio +1,49 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Silver
        (7486)
      • 17,40 € Custos de envio +0 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Dodax AG
        (5924)
      • 17,40 € Custos de envio +0 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Mecodu
        (23122)
      • 15,92 € Custos de envio +2,80 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        MplusL
        (321)
      • 21,93 € Custos de envio +0 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        uniqueplace
        (6209)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Mais Informações Royal Fado

    Neste terceiro álbum, Yolanda Soares inspira-se novamente em Fados Amalianos ( sua grande influência dentro do Fado), mas numa época muito específica da carreira de Amália, onde o Fado sofreu uma “transformação”, quer com a escolha de autores mais eruditos (como Camões por exemplo) quer pelas melodias mais complexas e elaboradas ( principalmente as do compositor Alain Oulman ). Nessa época os guitarristas tinham alguma dificuldade em abordar tais fados, e em tom irónico diziam: “... lá vai ela para as óperas...” . Foi exactamente este termo que serviu de inspiração para todo um conceito onde Yolanda Soares recria alguns fados Amalianos dando-lhes o carácter romântico da ópera e acrescentando também sonoridades da World music ( Flamenco, Tango, Oriental etc...). Reconhece-se em Yolanda Soares uma capacidade de criar, inovar e trazer sempre alguma surpresa aos seus projectos e este não é excepção. Royal Fado é isso uma inspiração artística e musical que começa no Fado, é envolvido em música clássica e ainda ornamentado com estilos da dita “World Music”, onde o Fado é Rei inspirando tudo o resto, e onde o povo ascende ao trono com este estilo musical tão representativo de um sentimento.De uma alma. De um Pais. É por este facto que Yolanda Soares apresenta agora, como single deste CD , e como primeira abordagem deste conceito, um Fado que Carlos Paião fez para Amália intitulado de “ O nosso povo” . Para Yolanda Soares os fados mais arrojados de Amália não são de todo diferentes da ópera, já que na sua essência comportam uma carga emocional, um virtuosismo vocal e uma complexidade melódica que se poderia quase associar a árias de Puccini ou Verdi. A uma época romântica e virtuosa. Não é de todo atrevido dizer que Amália é a nossa Callas do Fado. Yolanda decidiu abordar os Fados de Amália escolhendo a Harpa como instrumento “chave” para esta abordagem, onde pretende unir o Fado a uma linha de época mais romântica e também do “universo” world music. Neste trabalho Yolanda Soares associa o Fado à nobreza não esquecendo que a monarquia também tem e teve um peso fundamental na estrutura arquitetónica e cultural de Portugal. Na procura de todo este universo, Yolanda Soares decidiu convidar uma artista muito especial, oriunda do País de Gales (ao qual a Harpa está muito associada), a conceituada ex-harpista oficial da casa Real Inglesa, Claire Jones, que dá esse toque necessário de romantismo e nobreza, e que juntamente com a nobreza de “toque” da guitarra Portuguesa de Custódio Castelo e os arranjos do percussionista e compositor Chris Marshall cruzam as fronteiras da distância e acrescentam aos Fados Amalianos uma sonoridade única . Ascestral , romântica, mas também tradicional, universal e moderna. É um trabalho que passa as fronteiras do tradicional. Vai além de conceitos estanques e abrange universos muito generalizados.

    Características detalhadasRoyal Fado

    Faixas do álbum Royal Fado

    Yolanda Soares

    Royal Fado

    00:00 00:30
    • 01 O Nosso Povo feat. Claire Jones, Chris Marshall & Custodio Castelo
    • 02 Madalena feat. Claire Jones, Chris Marshall & Custodio Castelo
    • 03 Cravos De Papel feat. Claire Jones, Chris Marshall & Custodio Castelo
    • 04 Amêndoa Amarga feat. Claire Jones, Chris Marshall & Custodio Castelo
    • 05 Lianor feat. Claire Jones, Chris Marshall & Custodio Castelo
    • 06 Naufrágio feat. Claire Jones, Chris Marshall, Custodio Castelo & Rhydian Roberts
    • 07 Rondel Do Alentejo feat. Claire Jones, Chris Marshall, Custodio Castelo & Moda Mãe
    • 08 Cuidei Que Tinha Morrido feat. Claire Jones, Chris Marshall & Custodio Castelo
    • 09 Dafydd Y Garreg Wen feat. Claire Jones, Chris Marshall & Custodio Castelo
    • 10 Com Que Voz feat. Claire Jones, Chris Marshall & Custodio Castelo
    • 11 Soledad feat. Claire Jones, Chris Marshall & Custodio Castelo
    4/5
    • 1
      0
    • 2
      1
    • 3
      1
    • 4
      0
    • 5
      2
    5 Divinal Publicado em 16 fev 2017

    Uma maravilha este CD da cantora Yolanda Soares. Muito bem retratada esta realeza no Fado. Primeiro porque faz homenagem à grande Amalia. Segundo porque a faz despegando-se totalmente de a imitar e terceiro porque é uma voz muito versátil e bela.E o tema Naufrágio é simplesmente divinal. Vai além do Fado na minha opinião. Portugal no seu melhor. Gosto muito e recomendo.


     Este comentário foi útil?

    5 Inovador e delicado Publicado em 24 jan 2017

    O terceiro trabalho discográfico de Yolanda Soares é sobretudo muito original. Parte da premissa de um certo fado amaliano mais erudito e reveste-o com orquestrações que o inovam e tornam numa coisa delicada. Num panorama musical onde a receita segura é o que mais abunda no cardápio, realmente este Royal Fado é substância que inova e se destaca do resto. Um dos melhores álbuns do ano e que por isso mesmo dará algum trabalho a digerir: é urgente um paladar apurado para o degustar em pleno. Excelente.


     Este comentário foi útil?

    3 Assim assim Publicado em 15 out 2016

    Comparado com os dois outros trabalhos, este peca pela falta de inovação. Tendo em conta que Metamorphosis, o CD prévio desta artista saiu há mais de 6 anos, o Royal Fado agora, deixa a desejar. Mas a instrumentação é excelente.


     Este comentário foi útil?

    2 Linda capa e guarda-roupa, falta o resto! Publicado em 13 out 2016

    Há um revivalismo do fado da grande Amália, com projetos como Amália Hoje que adorei na altura. Neste caso contudo, e apesar do conceito ser criativo e a cantora se juntar a artistas interessantes; a voz e estilo da cantora não se dá com o fado. Torna-se irritante ouvir, de facto porque muito repetitivo e sem alma. O titulo do CD então, acho de mau gosto, lamento dizer. Nem o fado nem a cantora nem nenhum dos outros artistas têm a ver com realeza e se isso tenta usar a familia real Inglesa porque a harpista trabalho para eles antes, acho ainda pior. Beijinhos e kisses!


     Este comentário foi útil?

    Ver também